São Lucas Natal 17
imoveis vargas

Farinha de arroz passa a compor a cesta básica no Rio Grande do Sul

By on setembro 4, 2017
Farinha de arroaz Sartori

O governador José Ivo Sartori sancionou a lei que inclui a farinha de arroz entre os itens da Cesta Básica do Rio Grande do Sul. O projeto de lei (PL) 25/2017 foi proposto pelo deputado Gabriel Souza, após uma ideia que partiu da região de Palmares do Sul, através da Associação dos Arrozeiros de Palmares do Sul, Capivari do Sul, Osório, Cidreira e Balneário Pinhal,e aprovado, por unanimidade, pelo plenário da Assembleia Legislativa no último dia 8 de agosto. A sanção da lei aconteceu na Casa da Integração Agropecuária, na Expointer, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, dia 28 de agosto.

O texto determina a redução do ICMS de 12% para 7%, que é a alíquota empregada para os produtos da cesta básica. A equiparação tributária da farinha de arroz facilita o acesso da população que necessita de uma alimentação sem glúten.

“O acesso a alimentos sem glúten na cesta básica pode ser uma coisa pequena, mas vai aumentar o potencial econômico e incentivar a cadeia produtiva”, garantiu o governador, acrescentando que a sociedade quer produtos de qualidade, mas que também beneficiem a saúde.

O proponente da lei, deputado Gabriel Souza, disse que a lei vai contribuir para toda a cadeia produtiva e ajudar na saúde nas pessoas. “A farinha de arroz é matéria prima para a alimentação de 1% da população mundial, os celíacos que têm intolerância ao glúten”. Gabriel Souza também disse que um outro projeto, também de sua autoria, para incluir o produto na merenda escolar, tramita na Assembleia Legislativa.

“É a primeira vez que um estado brasileiro olha para nós celíacos. Essa é a forma que torna o alimento disponível a todos”, enfatizou a vice-presidente da Associação dos Celíacos do Brasil (Acelbra-RS), Ester Benatti.

“Momento de realização de algo tão trabalhado e desejado. Agradecimentos à minha amada família por estarem sempre ao meu lado me apoiando, ao trabalho excepcional que fez o deputado Gabriel Souza e assessores, aos companheiros e amigos da Associação dos Arrozeiros sempre unidos, à Federarroz, Fearroz, Irga, Farsul, Acelbra/RS, Comissão de Produtoras da Farsul, Senar, Emater Palmares do Sul, Sindicatos Rurais de Palmares do Sul e Mostardas, Prefeituras de Palmares do Sul, Capivari do Sul, e Mostardas, amigos vereadores, e à Escola Domingos Saraiva. A todos pelo apoio, por acreditar, estarem juntos e fazer acontecer algo que está se iniciando e ainda muito terá por vir. Juntos somos mais fortes”, relatou Livia Carvalho, diretora-social da Associação dos Arrozeiros de Palmares do Sul, Capivari do Sul, Osório, Cidreira e Balneário Pinhal.

A lei atende pedidos do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), da Federação das Associações de Arrozeiros do Estado do Rio Grande do Sul (Federarroz), da Federação das Cooperativas de Arroz do Rio Grande do Sul (Fearroz), da Associação dos Celíacos do Brasil (Acelbra-RS) e da Associação dos Arrozeiros de Palmares do Sul.

Farinha de arroz todos

Texto original: Cassiane Osório

Edição: Denise Camargo/Secom

Adaptação: redação Palmares News

Fotos: Luiz Chaves/Palácio Piratini

Comentarios sobre a noticia

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

shared on wplocker.com