São Lucas Natal 17
imoveis vargas

Produtores precisam buscar equilíbrio entre preço e custos para próxima safra de arroz

By on setembro 18, 2014
arroz 2014

O equilíbrio entre preço e custo é um dos grandes desafios para a próxima safra de arroz. Embora o mercado venha se recuperando nos últimos três anos, neste ano os produtores precisam ter cautela na hora de planejar sua produção. Este é um dos principais assuntos discutidos por especialistas no momento.

Os custos com energia elétrica subiram 30%; os custos com mão de obra aumentaram 12,72%, acompanhando o aumento do salário-mínimo regional do Rio Grande do Sul. Além disso, o combustível de aviação agrícola também vem subindo. Todos estes fatores preocupam os produtores e ameaçam o fôlego dado pelo aumento do preço da saca de 50 quilos, que chegou a ultrapassar R$ 37 neste ano.

Para o presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), Henrique Dornelles, o desafio é mais do que conseguir diversificar a produção, adaptando variedades de soja para a várzea. Dornelles diz que o desafio é a profissionalização do produtor. “Precisamos de mais estabilidade no gerenciamento de nossas finanças. O arroz exige muito caixa, os custos de produção são altos, as máquinas são extremamente caras. O produtor tem que balancear tudo isso.”

A análise de Dornelles bate com a análise do diretor técnico do Instituto Riograndense do Arroz (Irga), Rui Ragagnin, sobre a relação preço/custos. Segundo Ragagnin, para o produtor que consegue administrar bem sua lavoura, o valor atual da saca cobre os custos e permite renda. Principalmente para os que estão adotando a rotação de culturas e a integração lavoura-pecuária.

O presidente da Federarroz diz, ainda, que os rizicultores não podem perder o foco no mercado doméstico. “Não adianta só falar em exportação, porque estamos engatinhando nisso. Temos que ter cuidado especial ao mercado doméstico, para o qual temos indústrias competentes.”

A previsão da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) é de que o Brasil deve colher cerca de 12,2 milhões toneladas de arroz na safra 2013/2014, 65% dos quais são produzidos no Rio Grande do Sul. Cada brasileiro consome, em média, 25 quilos de arroz ao ano.

Fonte: RuralBR

Comentarios sobre a noticia

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

shared on wplocker.com